Hábitos de Casa se Faz em Casa

Como ajudar alunos e filhos a criar bons hábitos de estudo em casa

“Mudar é difícil, mas não mudar é fatal”

Leandro Karnal

A mudança é uma das poucas, se não, única constante em nossas vidas. Estamos há mais de um mês em quarentena, por causa da pandemia do Covid-19, e com isso, escolas suspenderam as aulas presenciais. Mesmo sabendo da importância da paralisação, nós, como educadores, estamos apreensivos com os prejuízos que essa quebra de rotina pode acarretar.

Sem dúvida alguma, devemos nos cuidar e devemos encontrar maneiras de se adaptar à nova realidade mantendo o ritmo de estudos em casa ativo. Ao pensarmos em nossas casas, remetemos ao local que nos proporciona tranquilidade, descanso, relaxamento e lazer, por exemplo. Nossos hábitos neste meio estão totalmente desligados das responsabilidades escolares – e não confunda responsabilidade escolar com rotina de estudos.

Todavia, devemos restabelecer uma nova rotina com hábitos que nos auxiliem a construir e vivenciar esse período de forma mais produtiva, focando em nosso crescimento intelectual. Pensando nisso trouxe algumas dicas de como ajudar nossos alunos a melhorar seu desempenho e hábitos de estudo em casa. Vamos lá?

Mas para começar, vamos falar sobre hábitos.

Afinal, o que são hábitos?

Hábitos são todas as ações aprendidas pelo cérebro para economizar energia. Nosso cérebro funciona como um computador: armazena os dados e as ações que mais utilizamos ou repetimos, e são colocadas em piloto automático, virando hábitos. Por exemplo: ao acordar escovamos os dentes, tomamos banho pelo menos três vezes ao dia, bebemos água, nos alimentamos, utilizamos os smartphones e etc. Ou seja, cerca de 40% de nossas ações diárias são hábitos.

Porém, da mesma forma que existem os bons hábitos também existem os maus hábitos. Então, separamos algumas dicas de boas práticas para os alunos poderem começar a aplicar no seu dia a dia de estudo.

#1 Como organizar meus horários?

O primeiro passo é manter os horários estabelecidos, dormir e acordar no mesmo horário, realizar as refeições de acordo com a sua rotina normal e utilizar o horário que você estaria na escola para estudar. Utilize um cronograma (modelo para download, clique aqui) a fim de organizar sua rotina semanal, definir suas metas e planejar suas ações de como alcançar cada uma dessas metas.

#2 Local para estudar?

É importante que o estudante escolha um ambiente tranquilo no qual não seja distraído pelo que acontece em seu entorno e realmente possa focar. Esse local deve ser sua nova sala de aula. Um ambiente iluminado e silencioso é o ideal para se concentrar nos estudos.  Deixe ao seu alcance somente o essencial para o estudo como lápis, borracha, canetas, marcadores, blocos de anotações, garrafa de água, caderno e livros. Ter o material próximo evita a necessidade de interromper a todo o momento as atividades para buscar algo e diminui a possibilidade de distrações.

#3 O que fazer ao alcançar as metas?

Utilize recompensas. Ao estabelecer as suas metas semanais, defina também quais serão suas conquistas. As recompensas são poderosas porque satisfazem anseios. No primeiro dia da sua nova rotina, defina situações que te proporcione uma recompensa, como evitar utilizar o celular. Por exemplo, ao realizar o estudo de uma matéria, vou resolver uma lista com 10 questões e minha recompensa será conversar com meus amigos por 20 minutos. A recompensa também pode ser uma sensação ou um sentimento.

Planeje em seu cronograma sua rotina de estudos e suas recompensas, a dica é que você utilize recompensas diferentes, para sempre está renovando seus estímulos e assim alcançar suas metas.

#4 Devo procurar algum tipo de ajuda?

Claro! Os familiares também têm um papel fundamental nessa mudança. É importante que eles demonstrem interesse naquilo que os filhos estão aprendendo e que se disponham a ajudá-los quando possível. Também é válido utilizar outras fontes de conhecimento, como a internet, para tirar dúvidas e aumentar o conhecimento. Se possível, concilie com os estudos: músicas, podcasts e filmes.

Gostei de todas as dicas, mas como coloco tudo em prática?

Para que, de fato, você consiga reprogramar seus hábitos, nós trouxemos de uma forma resumida e didática a estratégia desenvolvida por Charles Duhigg, em sua obra: O Poder do Hábito.

A partir das seus estudos, foi desenvolvida a ideia Loop do hábito, onde cientistas descobriram ser formado por três elementos, são eles:

1 – Gatilho, aquilo que vai disparar o hábito;

Gatilhos são estímulos recebidos pelo nosso cérebro que influenciam diretamente a nossa tomada de decisão. É um sinal ou um lembrete que deve iniciar um comportamento. Exemplo: um simples despertador no celular pode ser o gatilho, informando que você deve iniciar seus estudos (estudar é o comportamento).

2 – Rotina, o comportamento que você fará;

Rotina é a ação propriamente dita, repetida várias vezes. Exemplo: estudar (comportamento/hábito) todas as manhãs das 8h às 10h, realizando um intervalo de 30 minutos, retornando aos estudos para resoluções de questões às 11h30.

3 – Recompensa que você terá.

Recompensas – são todas as premiações ou sensações por ter realizado a tarefa. Quanto maior ou mais prazerosa for a recompensa, maior será o desejo de se repetir a rotina, que, por sua vez ficará mais presa na memória, maior será a chance dos hábitos se repetirem. Exemplo: após realizar seus estudos você terá como recompensa a possibilidade de utilizar seu Smartphone e a sensação de dever cumprido.

A partir do conceito do Loop do Hábito, construímos um Cronograma de Rotina Diária para ajudar você e seus alunos a criarem uma rotina saudável e produtiva de estudo e trabalho.

Clique aqui e realize o download do Cronograma de Rotina Diária da Fiscallize e coloque em prática o Ciclo do Hábito.

Marcos Medeiros

Educ Manager na Fiscallize. Historiador, Educador, Pós-Graduado em Educação Inclusiva Especial e Estudante de Jornalismo.

You May Also Like

O que vai acontecer com a educação quando a pandemia passar?

A Pandemia como Agente Fortalecedor da Comunidade Escolar

Prazer, Fiscallize Blog

Um Professor Inovador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *